woensdag 4 juli 2012

Corinthians é Campeão da Libertadores da América!

É CAMPEÃO! 
Corinthians faz 2 a 0 no Boca Juniors e é o dono da América!

Émerson foi o herói corintiano ao macar os dois gols do título

Uma noite para entrar para a história do Pacaembu. O Corinthians encarava o temido e traiçoeiro Boca Juniors na frente de sua fanática torcida. Um time valente, que jamais perdeu sua marca durante todo um campeonato. Muito menos nessa quarta-feira. Absoluto, o Timão fez 2 a 0 nos argentinos e comemorou o primeiro título da Copa Libertadores em sua centenária história. Émerson Sheik marcou os dois gols da glória alvinegra.

Jogo truncado no início

As duas equipes começaram a partida com muita vontade, se respeitando mutuamente e criando poucas chances. A garra se confundia com violência às vezes, mas nada que provocasse alguma confusão no gramado. O Corinthians pressionava e ocupava o campo do Boca, que se fechava e ainda saía para o jogo. Comandados por Riquelme, os argentinos conseguiam trocar passes com mais objetividade.

O primeiro lance de maior perigo começou com o próprio camisa 10: Mouche tabelou com ele e saía na cara de Cássio, mas a defesa alvinegra se recuperou a tempo. Por volta dos 13 minutos, Alex chutou de média distância e fez Orión trabalhar pela primeira vez, ainda que o chute tenha sido fraco. Emerson fez uma grande jogada pela direita, com direito a janelinha, e quase surpreendeu o adversário. A defesa se recuperou e evitou o pior.

Jogo perde fôlego

O Boca conseguiu desacelerar o ritmo intenso dos brasileiros na metade do primeiro tempo, tocando bola e fazendo o tempo passar. Com a bola, o Corinthians produzia menos, e seguia sem conseguir encontrar espaços na defesa xeneize. Por volta dos 30 minutos, o goleiro Orión sentiu uma dividida anterior e precisou ser substituído por Sosa. Quando testado, o suplente mostrou alguma falta de segurança, ainda que o adversário tivesse chegado pouco.

Alex e Santiago Silva deram chutes sem perigo, o que ilustrava bem o panorama da partida. Nem mesmo os cinco minutos de acréscimo dados por Wilmar Roldán conseguiram se traduzir em algum lance mais substancial.

A história vai sendo feita

Na volta para a segunda etapa os argentinos deram a impressão de estarem mais à vontade, tocando bola no ataque e propondo o jogo pela primeira vez. Mas o jogo seguia tenso. Tão difícil, que foi decidido em um lance de confusão na área. Falta cobrada por Alex no lado direito, Alessandro desviou no primeiro pau e a zaga afastou mal. Danilo tocou de calcanhar, Schiavi furou e a bola sobrou para Emerson. Cara-a-cara com Sosa, o predestinado não perdoou: Corinthians 1 a 0.

O gol sofrido, sem dúvida, tornou as ações mais interessantes. Precisando do gol, o Boca precisou abrir mão da catimba e sair de vez para o jogo, abrindo espaços generosos para o Timão. Alguns contragolpes permitiram que a equipe brasileira chegasse mais próxima do gol, mas ainda sem um lance claro.

Campeão da América!

A partida seguiu tensa, apesar da vantagem do Corinthians. Os argentinos iam com força ao ataque enquanto o Timão se segurava. Mas Emerson, de novo ele, deixou a taça ainda mais próxima do Parque São Jorge. O Boca saiu jogando mal e deixou o Sheik no mano-a-mano com Schiavi. Muito mais rápido, o corintiano passou voando pelo zagueiro, avançou área adentro e deslocou Sosa para fazer o segundo.

A festa tomou conta do Pacaembu já aos 25 minutos. O Timão seguiu fazendo o tempo passar para comemorar. Os Xeneizes, entregues, até tentavam alguma ação na frente, sem sucesso. A noite do dia 4 de julho entrava para a história. O Corinthians é campeão da Copa Libertadores da América pela primeira vez!


Fonte: goal.com

Geen opmerkingen:

Een reactie plaatsen